fundamental1
fund1

No Colégio Paulo Freire, o trabalho nos primeiros anos do Ensino Fundamental é estruturado no processo de apropriação de leitura e da escrita, que está relacionado às leituras de mundo e reflexões que os alunos são portadores e ao desenvolvimento de seus pensamentos. É dessa maneira que a aprendizagem se torna significativa, prazerosa e favorece a autoestima das crianças que percebem quanto seu repertório pessoal é importante no processo de apropriação de novas habilidades e de descobertas.

A duração das atividades respeita cada faixa etária, e a rotina do dia é partilhada com os alunos, de modo que eles possam se situar na sequência de trabalho. Os materiais didáticos são produzidos pelos professores responsáveis pela série, com supervisão da equipe pedagógica da Escola.

fund1site

O currículo do Colégio Paulo Freire se organiza como uma espiral, em que os conceitos aparecem muitas vezes ao longo dos anos, com grau crescente de complexidade. Privilegiam-se a compreensão e o aprofundamento, e a memorização é vista também como um instrumento da aprendizagem.

Assim, tanto os componentes curriculares quanto a forma como são propostas as atividades aos alunos nesse período, são planejados para estimular o acesso a diferentes tipos de textos e de suportes (livros, revistas, telas etc), diferentes linguagens como: linguagem oral, linguagem escrita, linguagem plástica, linguagem corporal, linguagem matemática etc. e relações com todos os campos do conhecimento, sem deixar de lado a curiosidade, a investigação e a construção de explicações provisórias. Brincadeiras, jogos e atividades lúdicas integram as propostas. Conhecer e nomear estruturas que constituem modelos explicativos dos fenômenos naturais e sociais, expressar-se e operar numericamente, são algumas das finalidades propostas para essa fase.

As situações de aprendizagem sempre significativas integram os Projetos. O desafio de produzir algo a ser utilizado em situações reais faz com que os alunos sintam-se desafiados a apropriar-se do conhecimento e motivados a investigar, arriscar, revisar sua produção, para assim, garantir a qualidade de seu trabalho. As sequências didáticas são atividades organizadas de modo a assegurar a compreensão dos alunos e garantir que estabeleçam o máximo de relações possíveis entre os conteúdos, resultando assim, em conhecimento real.

A avaliação acontece durante todo o processo. As produções são avaliadas sistematicamente possibilitando ao professor conhecer o desempenho de cada aluno e a resposta do grupo frente às propostas apresentadas.

Corpo Docente

1° ANO – manhã
Lays Genoom

Graduada com licenciatura plena em Pedagogia pelo Centro Universitário Padre Anchieta, tem atuado na Educação Infantil e Ensino Fundamental I.

Bailarina, professora de dança e coreógrafa pela Escola de dança Kahal, com  habilidade no ballet, contemporâneo, hip-hop e jazz.

Atriz pelo Núcleo de Ações Sociais e Culturais Eduardo Menga – NASCEM. Apreciadora de artes circenses com vivências no projeto Universidade Livre do Circo – UNICIRCO.

Fundadora do Grupo Quilombo Virtual,  grupo em aplicativo de conversa que busca promover o contato e o fortalecimento de vínculo entre pessoas pretas.

1° ANO – tarde
Barbara Cardoso de Oliveira Theodoro

Bacharel em Comunicação Social pela PUCCAMP (2006) e licenciada em Pedagogia pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal – Uniderp (2020). Atua desde 2018 no Colégio Paulo Freire.

Amante das artes, possui experiência de 10 anos em ballet clássico, atuou no teatro, é certificada em violão popular e fotografia. Fez aperfeiçoamentos acerca da Relação Educação e Natureza, no Instituto Romã. Estudou abordagem Pikler na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), possui formação de Cultura da Infância pelo Projeto Raízes e Educação para Sensibilidade na Casa Redonda; efetuou pesquisa sobre alfabetização ecológica na Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp).

2° ANO – tarde
Camilla Sobreira Xavier

Graduada em Pedagogia pelo Centro Universitário Padre Anchieta (2017), atuou como professora regente na Prefeitura Municipal de Louveira no Ensino Fundamental I e na Educação Infantil. Em 2021 ingressou no Colégio Paulo Freire e teve a oportunidade de experienciar o cargo de assistente de coordenação, além de assumir as aulas de Filosofia para crianças e o Projeto – Pacote Office. Neste ano iniciará como professora regente da turma do 2º ano do Colégio.

3° ANO – tarde
Erika Muner Pinto

Graduada em Música pela FAAM e em Pedagogia pela FMU, possui mais de 15 anos de experiência em docência, tendo vivência no segmento infantil e Ensino Fundamental I, bem como com alfabetização de jovens e adultos. Conhecimentos em Libras , inclusão de crianças com Síndrome de Down e de técnicas de comunicação e de interdisciplinaridade na Escola

5° ANO – tarde
Jaqueline Ayres Ortega

Graduada em Pedagogia com licenciatura plena(2017), pós-graduada em Educação Especial e Inclusiva com ênfase em Deficiência Intelectual e Múltiplas no ano de 2019, com cursos de especialização no TEA (Transtorno do Espectro Autista) e curso de formação básica em Libras (Língua Brasileira de sinais).

Formada em Técnica em Farmácia pelo Colégio Tableau de Jundiaí, com cursos de especialização em primeiros socorros e homeopatia.

Possui experiência com crianças e adolescentes com Transtornos, Deficiência intelectual e Múltiplas na APAE (Associação de pais e amigos dos Excepcionais) de Jundiaí, na empresa AME (Associação Amigos dos Metroviários) dentro da Escola Municipal da Prefeitura de Jundiaí, e no Colégio Paulo Freire.
No Colégio Paulo Freire desde 2019, é professora regente do 5º ano Fundamental desde 2020.

MÚSICA
Karina Mitiko

Graduada em Pedagogia pela Universidade Anhanguera, pós graduanda em Arte, Música e Ludicidade, Educadora Brincante pelo Instituto Brincante, e pesquisadora da Cultura Popular brasileira há 10 anos.

Atuou como Arte Educadora por 6 anos pela Prefeitura Municipal de Jundiaí, fundou os grupos Baque Delas e Coletivo Embaúba,  e faz parte do grupo percussivo Coco das Águas Doces. Herdou de seus ancestrais o amor à terra, às plantações e às criações recíprocas,  é Educadora Tinis – Terra das Crianças, pelo Instituto Alana.

ARTE
Giovana Alves Lopes

Graduada em Artes Visuais pela UNICAMP com experiência em Educação Museal, participou de equipes de criação de projetos e oficinas artísticas para públicos de diversas idades, desde crianças até adultos. Interessada em pesquisa sobre práticas artísticas voltadas ao desenvolvimento de técnicas alternativas e acessíveis na educação.

FILOSOFIA/ ENSINO RELIGIOSO
Lays Genoom

Graduada com licenciatura plena em Pedagogia pelo Centro Universitário Padre Anchieta, tem atuado na Educação Infantil e Ensino Fundamental I.
Bailarina, professora de dança e coreógrafa pela Escola de dança Kahal, com  habilidade no ballet, contemporâneo, hip-hop e jazz.

Atriz pelo Núcleo de Ações Sociais e Culturais Eduardo Menga – NASCEM. Apreciadora de artes circenses com vivências no projeto Universidade Livre do Circo – UNICIRCO.

Fundadora do Grupo Quilombo Virtual,  grupo em aplicativo de conversa que busca promover o contato e o fortalecimento de vínculo entre pessoas pretas.

EDUCAÇÃO FÍSICA/ YOGA
Dita Moraes

Licenciada em educação física pela ESEFJ. Iniciou seus estudos na área sob a temática: gênero e o brincar; posteriormente se aprofundou na cultura tradicional de jogos e brincadeiras da infância pelo Movimentos Raízes.

Especializada em Yoga voltada para a educação de crianças e adolescentes e em Mindfullness na educação.

Certificação internacional pelo Yoga Alliance RYT200h em 2020.

TEATRO
Rebeca Konopkinas

Formada em Pedagogia e Iluminação, iniciou sua trajetória na Cia do Nó de Teatro onde atuou como atriz, professora e descobriu a magia da iluminação; criou também um curso para crianças não alfabetizadas a partir de vivências baseadas nos Contos de Fada.

Desde 2013 ministra aulas de teatro para crianças e adolescentes. Foi uma das fundadoras do C9 Iluminação e da EPI no ano de 2017 e nesse mesmo ano, junto a mais 3 artistas, fundou o Coletivo Vila Verde que desenvolveu vivências e trocas artísticas até nov/2020. Cria luz para vários espetáculos teatrais, além de shows musicais, dentre eles “Bichos Vermelhos” da Pia Fraus. Com o Núcleo artístico Estratosféricos desenvolve pesquisas com video mapping desde 2016, como os espetáculos visuais UNIVERSOS e SUBMERSOS, dentro da Catedral Nossa Senhora do Desterro em Jundiaí e o curta metragem “Evolução Perecíceis”.

Começou a pintar em 2018 buscando desenvolver novas pesquisas visuais dentro de sua trajetória. Tem a maior parte do trabalho na área teatral, buscando relacionar a visão pedagógica nas suas pesquisas visuais. Atualmente segue criando com o grupo Mixircarambola, desenvolvendo pesquisas artísticas com o Estratosféricos e ministrando aulas no ensino básico no Colégio Paulo Freire de Jundiaí.

LÍNGUA INGLESA
Raphael Augusto Fontes Corrêa

Possui 9 anos de experiência docente. É licenciado em letras (Português/Inglês) pelo Centro Universitário Padre Anchieta de Jundiaí e graduado em Psicologia.

Estudou a língua Inglesa desde os 12 anos e aos 19 finalizou a formação avançada que o qualificou como um falante bilíngue. Realizou também um curso de extensão na Irlanda (Dublin) para aprimoramento de pronúncia e escrita acadêmica.

OFICINA DE MATEMÁTICA 4° e 5º ANOS
Luciana Teodoro da Silva

Possui 33 anos de experiência docente. É licenciada em matemática (2009) e pedagogia (1990) pela universidade Unianchieta. Foi gestora pedagógica : 2 anos na coordenação pedagógica, 1 ano na vice-direção e 1 ano na direção de escolas públicas.

Professora Auxiliar e apoio
Lara Pinheiro Camara

Formada em pedagogia pelo Centro Universitário Padre Anchieta – Jundiaí. Com experiência de 4 anos na área da educação. Atuante também na área de idiomas há 3 anos.

Fale Conosco